Google+ Followers

Síntese proteica.



  1. FEI - A célula, esse fascinante mundo da vida, possui estruturas variadas onde ocorrem reações bioquímicas das mais complexas. Entre essas estruturas, qual a função dos ribossomos? # Participa da síntese de proteínas.
  2. UFPB - Relacione as organelas celulares retículo endoplasmático granuloso e complexo golgiense, considerando as funções por elas desempenhadas em uma célula secretora do pâncreas (esquematizada abaixo), onde são sintetizadas enzimas digestórias que farão parte do suco pancreático.

    # O retículo endoplasmático granuloso sintetiza proteínas que migram para o complexo golgiense, onde ficam temporariamente armazenadas. Logo depois, essas proteínas passam para vesículas de secreção, estruturas que se formam e se formam e se desprendem do complexo golgiense, e são eliminadas da célula. Trata-se, portanto, de glicoproteínas de "exportação".
  3. PUCSP - De outro lado, o galardão de química ficou com os inventores de ferramentas para estudar proteínas, os verdadeiros atores do drama molecular da vida. É verdade que a Fundação Nobel ainda fala no DNA como o diretor de cena a comandar a ação das proteínas, mas talvez não seja pretensioso supor que foi um lapso, e que o sinal emitido por essas premiações aponta o verdadeiro futuro da pesquisa biológica e médica muito além dos genomas e de seu sequenciamento (uma simples soletração). (...) (LEITE, Marcelo. "De volta ao sequenciamento." Folha de S. Paulo - 20/10/2002.) 
  4. O autor refere-se às proteínas como ''atores do drama molecular'' e ao DNA como "diretor de cena". Essa referência deve-se ao fato de
    a) não ocorrer uma correlação funcional entre DNA e proteínas no meio celular.
    b) o DNA controlar a produção de proteínas e também atuar como catalisador de reações químicas celulares.
    c) o material genético ser constituído por proteínas.
    d) as proteínas não terem controle sobre o metabolismo celular.
    e) o DNA controlar a produção de proteínas e estas controlarem a atividade celular.
  5. UNICAMP - O metabolismo celular é controlado por uma série de reações em que estão envolvidas inúmeras proteínas. Uma mutação gênica pode determinar a alteração ou a ausência de algumas dessas proteínas, levando a mudanças no ciclo de vida da célula.
    a) Explique a relação que existe entre gene e proteína.  # A seqüência de bases de DNA (gene) determina a seqüência de bases do RNA mensageiro e este a seqüência de aminoácidos da proteína que vai ser formada.
    b) Por que podem ocorrer alterações nas proteínas quando o gene sofre mutação?  # A mutação altera a seqüência de nucleotídeos no DNA que forma o gene. Se esta seqüência for alterada, o RNAm também será e consequentemente a proteína.
    c) Em que situação uma mutação não altera a molécula protéica? # No caso de a mutação transformar um códon em outro relacionado ao mesmo aminoácido (código degenerado).
  6. UENCE - UERJ - CEFET - UFRJ - O colágeno é constituído de proteína, à qual estão ligadas moléculas de glicídio. Essa glicoproteína atua na sustentação dos tecidos e órgãos. As setas 1 e 2, no esquema abaixo, indicam organelas que participam da síntese do colágeno. Explique a participação das organelas 1 e 2 na síntese de colágeno.
    # O retículo endoplasmático granulosos sintetiza proteínas que migram para o complexo golgiense, onde ficam temporariamente armazenadas. Logo depois, essas proteínas passam para vesículas de secreção, estruturas que se formam e se desprendem do complexo golgiense, e são eliminadas da célula. Trata-se portanto, de proteínas de "exportação".
  7. FUVEST - Existe um número muito grande de substâncias com funções antibióticas. Essas substâncias diferem quanto à maneira pela qual interferem no metabolismo celular. Assim, a TETRACICLINA liga-se aos ribossomos e impede a ligação do RNA transportador; a MITOMICINA inibe a ação da polimerase do DNA e a ESTREPTOMICINA causa erros na leitura dos códons do RNA mensageiro. Essas informações permitem afirmar que
    I - a TETRACICLINA impede a transcrição e leva a célula bacteriana à morte por falta de RNA mensageiro.
    II - a MITOMICINA, por inibir a duplicação do DNA, impede a multiplicação da célula bacteriana.
    III - a ESTREPTOMICINA interfere na tradução e leva a célula bacteriana a produzir proteínas defeituosas.
    Assinale a alternativa que reúne as afirmações corretas.
    a) apenas I é correta.
    b) apenas I e II são corretas.
    c) apenas II e III são corretas.
    d) apenas I e III são corretas.
    e) I, II e III são corretas.
  8. FUVEST - O esquema adiante representa um corte de célula acinosa do pâncreas, observado ao microscópio eletrônico de transmissão.

    a) Identifique as estruturas apontadas pelas setas A, B, e C, e indique suas respectivas funções no metabolismo celular.
    A Retículo endoplasmático rugoso - Síntese e transporte de proteínas
    B Mitocôndria - Respiração celular
    C Complexo de golgi - Armazenamento e processamento de secreções celulares
    b) Por meio da ordenação das letras indicadoras das estruturas celulares, mostre o caminho percorrido pelas enzimas componentes do suco pancreático desde seu local de síntese até sua secreção pela célula acinosa.  # O caminho percorrido pelas enzimas desde seu local de  síntese até sua secreção é: A, C, D. 
  9.  
  10.